Este blogue é organizado pelo Clube de Escrita da Escola Básica 2,3 de Santana. Publica textos escritos por qualquer aluno desta escola. Podem ser poesias, histórias, reportagens, opiniões, etc.. Editará ainda textos de autores conhecidos escritos para crianças e jovens.

2006/02/07

André Vaz (6º C)

ESTRANHAS PAISAGENS

Eu vi uma paisagem que era como um castelo. Tinha quatro árvores que pareciam as quatro torres de um castelo. E também havia muitos ramos que pareciam as muralhas de um castelo. À entrada, onde não havia ramos, aparecia um pássaro com a forma de um guarda a marchar.
Quando entrei, reparei que lá dentro tudo tinha a forma de cerejas. De repente, apareceu uma pessoa tão pequena, tão pequena que era como um mini-anão com olhos que pareciam sementes.
Disse-lhe que gostaria de ver paisagens e ele mostrou-mas.
Mas as suas paisagens favoritas eram muitos estranhas. Eram casas com portas que falavam ao pôr-do-sol, rebuçados que voavam no céu...
Eu estava a reconhecer aquilo de algum lado. Eram iguais às que eu vira no Verão, só que, em vez de rebuçados, eram pássaros e as portas eram pessoas. Estava a achar estranho. Para mim, a única coisa que me faltava ver eram árvores a dançar...
De súbito, acordei e vi que tudo tinha sido um sonho - mas muito parecido com a realidade.