Este blogue é organizado pelo Clube de Escrita da Escola Básica 2,3 de Santana. Publica textos escritos por qualquer aluno desta escola. Podem ser poesias, histórias, reportagens, opiniões, etc.. Editará ainda textos de autores conhecidos escritos para crianças e jovens.

2006/01/24

Catarina Gaboleiro (5º F)

UMA CARTA NO INÍCIO DE 2006

Querida Ângela,

O Natal e o Ano Novo passados em certos países foram de guerra. Não foram só os terroristas mas também alguns americanos. Mas nesta época já não levam as pessoas para os campos de gás (felizmente!).
Enquanto nós, na nossa casa, festejávamos o Natal com um grande banquete e trocas de presentes muito bons e um pouco caros, em certos países vivia-se em estado de alerta e nem sei se lá houve Natal, pois não houve notícias sobre o Natal de guerra. As crianças que vivem nesses países não tiveram, por certo, um grande banquete ou troca de presentes - e algumas crianças que vivem em países, por enquanto, sem guerras, dizem que queriam mais prendas ou que as prendas não foram grande coisa... Mas eu tenho uma pergunta... Para que é que servem as prendas, se nos vamos fartar delas, se um dia as vamos deixar? O que é mais importante é a união da família e a paz que, por enquanto, Portugal ainda tem.
No Ano Novo não sei se certos países, ou certas crianças e pessoas, tiveram fogo de vista ou foram jantar fora ou então fazer uma comida especial em casa. Desejo é que neste ano as pessoas e as crianças que vivem nesses países tenham mais paz e as pessoas que fazem ou causam as guerras (ou outras coisas terríveis) se apercebam do que estão a fazer e que venham para o lado do bem.
Desejo que tenhas o melhor que há no mundo e que vivas num país sem guerras e sem muitas maldades.
Um até breve da
Catarina